• Agencia X10

Outono e vinho combinam muito bem! Saiba como escolher vinhos para essa estação!




Todo bom enófilo sabe que tempo de tomar vinho é...o ano inteiro, não é mesmo? Mas o fato é que quando as temperaturas começam a cair, parece que o clima fica extremamente convidativo para tirar um rótulo da adega e encher a taça.

Vamos aproveitar que estamos vivendo a meia estação e entender por que outono e vinho são uma excelente combinação. Anote essas dicas para escolher os melhores rótulos da estação.


Confira com a Optimus Importadora como escolher os vinhos que combinam com o Outono! E lembre-se, conte sempre a Optimus Importadora, uma empresa que é especialista e conhecedora do mercado e qualidade de Vinhos. Atualmente presente nos principais estados do país, em restaurantes e lojas especializadas. Contamos com uma grande rede de representantes e distribuidores em cada região.



Prefira os encorpados


A primeira dica para abastecer a sua adega para o outono é buscar vinhos mais encorpados, pois eles são mais quentes e combinam com o tempo mais fresco. Entre os tintos, os mais recomendados são os tintos de corpo médio. As bebidas feitas com as uvas Cabernet Sauvignon, Carménère, Merlot, Garnacha e Syrah são boas pedidas.

Alguns vinhos brancos, especialmente os rótulos mais maduros e com passagem por madeira preenchem esse requisito.


Leia também: Caiu a temperatura? Conheça nossas dicas de vinhos e pratos para combinar com o frio


Harmonização


O outono também significa a abertura da temporada das noites de queijos e vinho, fondue, pizzas e outras comidinhas mais pesadas.

É sempre bom ter em conta também quais ingredientes são as estrelas dos pratos dessa estação: abóbora, abobrinha, mandioca, batata-doce, berinjela, quiabo e pinhão. Os rosés mais encorpados ou carménères com notas herbáceas são perfeitos para acompanhar essas refeições.

Com queijos, a dica é escolher os rótulos que tenham corpo e sabor intensos compatíveis com a intensidade do sabor do queijo e taninos que equilibrem a gordura dos tipos escolhidos.


Intensidade, sabor e aroma


Quem quer rótulos para degustar como aperitivo sem necessariamente harmonizar com um prato, a recomendação é ter na adega vinhos macios e aromáticos como os que têm aromas de fruta madura ou especiarias, madeira ou chocolate. Eles proporcionam uma experiência sensorial incrível. Os vinhos do sul do Rhône preenchem esses requisitos.



Fonte: Art de Caves

22 visualizações0 comentário